Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




























A ESCASSEZ DE ALIMENTOS NO SUL DE ÁFRICA PÕE EM RISCO DE DESNUTRIÇÃO E DE DOENÇA 6 MILHÕES DE PESSOAS, ESPECIALMENTE EM ANGOLA, NO ZIMBÁBUE, LESOTO E MALAWI, ADVERTIU HOJE A FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DA CRUZ VERMELHA E DO CRESCENTE VERMELHO.
"Milhões de pessoas em todo o sul de África estão pagando o preço dos contínuos ciclos de seca severa seguidos de inundações. Não é uma crise, é uma situação que se tornou crônica", explicou em conferência de imprensa a porta-voz da Federação, Jessica Sallabank.
Os países mais afetados são o Malawi, onde dois milhões de pessoas estão em risco de sofrer de falta de alimentos, Angola, com mais de 1,8 milhões, Zimbábue, com 1,6 milhões de pessoas em zonas rurais, e o Lesoto, onde mais de 700 mil pessoas se encontram em situação similar.
-- Diário Digital / Lusa

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:14





Mais sobre mim

foto do autor


Flag Counter

calendário

Março 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31






Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D


Espalhe as noticias por ai

Personal Blogs
Personal blogs